Notícias

24/02/2017 até 24/02/2017

Pensando o processo formativo... Do encantar-se ao permanecer!

Com o lema  motivador: “ Do encantar-se ao permanecer”,  nos dias vinte e quatro a vinte e seis de fevereiro de 2017, as Irmãs formadoras  das províncias do Brasil estiveram reunidas na fraternidade Lar de Nazaré – noviciado congregacional em Marau/RS.
O objetivo do encontro foi refletir e analisar  a vivência do Plano Geral de Formação da Congregação, aprovado em 2014, em seus diferentes níveis e áreas formativas. Coordenou o encontro Ir. Maria Aparecida Medeiros Franco – vigária geral e assessora da formação na congregação, residente na Colômbia. Participaram: a Irmã Provincial Marinês Burin e as  Irmãs formadoras: Ir. Ester Lunardi, Miria Bordin, Marta Inês Vigne e Cristina Bisolo ( Provincia Imaculada Conceição P. Fundo).  Irmã Provincial Anita Sabini e as Irmãs formadoras: Rosane Pádova, Rita Luiza Gapski, Danieli Lopes ( Província Santa Clara – Chapecó/SC) . Bela equipe de trabalho! Gente animada e bem disposta para o serviço formativo, que sabemos é extremamente  exigente e comprometedor!
Um clima  cordial,  fraterno, alegre, orante e acolhedor fez parte da rotina de cada dia.  As dinâmicas de trabalho permitiram que as Irmãs formadoras pudessem pensar, refletir e rezar a própria missão como acompanhantes de processos e também partilhar avanços e dificuldades na aplicação e vivência do Plano em cada nível. As partilhas demonstraram muito espírito de pertença, responsabilidade, empenho e seriedade por parte de todas em orientar as  jovens formandas em cada nível  e ressaltaram oportunidades oferecidas às Irmãs da formação continuada para que o encanto inicial, despertado pelo próprio Deus no coração de cada uma não se perca com o passar dos anos. O trabalho formativo na Congregação alimenta o  grande desejo de  que o vigor vocacional permaneça e seja cultivado em vista de  uma fidelidade fecunda ao Evangelho e o Carisma Congregacional.
O  encontro foi avaliado como uma oportunidade bonita e fundamental de comunhão, aprendizagem e ajuda mútua no trabalho formativo entre as duas províncias e deixou vários desafios, especialmente no que tange ao acompanhamento e escuta atenta às demandas do cotidiano na vida de cada  Irmã e seu crescimento em fraternidade.
 Por mais este momento congregacional de  fraternidade e  formação, Deus seja louvado!
 Irmãs formadoras

 

Veja as fotos