Notícias

20/08/2017 até 20/08/2017

Religiosas Franciscanas Missionárias celebram jubileu de vida consagrada

Neste Ano Mariano, as Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora festejam o Jubileus de 70, 60, 50 e 25 anos de Vida Religiosa Consagrada de diversas Irmãs. A celebração acontecerá no dia 03 de dezembro, em Passo Fundo/RS. São elas:

70 anos:
Irmã Eliana Tonial: natural de Sertão/RS. Aos 24 anos sentiu-se chamada para ser Irmã, a partir do contato que teve com as Irmãs na sua cidade. Na maior parte de sua vida realizou sua missão na cozinha, preparando o alimento às irmãs, formandas e internas no Colégio Franciscano São José, em Erechim. Sua marca é o sorriso estampado em seu rosto, a paciência e a bondade de seu coração. Hoje, aos 96 anos de idade, vive agradecida pelo chamado à vocação franciscana. Atualmente mora em Passo Fundo/RS, na fraternidade Betânia, onde recebe cuidados para sua saúde.
 
60 anos:
Irmã Adiles Silvestrin: nasceu em Serafina Correa/RS. Um Frei, conhecendo seu desejo vocacional, encaminhou-a para as Irmãs. Sentia que Deus a amava profundamente e por isso entregou sua vida a Ele. Como religiosa, assumiu com muito amor e dedicação a sua missão na cozinha, horta e jardim. Gostava de trabalhar a terra, plantar e colher, com alegria e simplicidade. Cultivou muito afeto à Maria e a Santa Maria Bernarda. Encontra-se, hoje, na Fraternidade Betânia, em Passo Fundo.
Irmã Antônia Noskoski: nascida em Getúlio Vargas/RS, descobriu a alegria em servir desde pequena, com o testemunho de seus pais e das Irmãs Franciscanas que atuavam em sua cidade. Ao celebrar seu jubileu de diamante, é agradecida a Deus pela missão realizada na área da saúde, cuidando de tantas pessoas nos diversos lugares por onde passou e também pelo trabalho desenvolvido no campo da contabilidade. Atualmente reside em Passo Fundo, na casa provincial, em cuidados de saúde.
Irmã Delize Maria Sfredo: nasceu em Erechim/RS. Recebeu o convite para estudar no colégio das Irmãs e, observando como elas viviam, sentiu-se chamada para ser religiosa. Foi exímia professora de matemática e desenho, atuou em especial em Erechim e Gaurama. Contribuiu também nos serviços da Congregação como secretária e conselheira geral. Hoje, completando 60 anos de vida doada a Deus, afirma: “Se eu fosse jovem e Ele me chamasse, novamente eu diria SIM, um sim decidido, consciente e total, porque vale a pena investir a própria vida para responder a quem deu a sua por mim, antes da minha existência”.
Irmã Elidia Sfredo: nascida em Erechim/RS, mana da Irmã Delize, e de outras duas já falecidas (Ignes e Rosângela). Ao participar da Profissão Religiosa da sua mana Ir. Ignes, sentiu-se escolhida por Deus para ser religiosa também. Desempenhou sua inteira vida nos hospitais, como auxiliar de enfermagem, no cuidado dos doentes, destacando-se por sua bondade, delicadeza, paciência e respeito pela vida de cada pessoa que estava em suas mãos. Possuía grande dom artístico expresso nos trabalhos manuais. Reside junto com sua Irmã Delize, em Passo Fundo, recebendo cuidados para sua saúde.
Irmã Erelides Scariot: nasceu numa família numerosa, de muita fé e oração, em Charrua/RS. Após completar os estudos no Colégio Santa Clara, em Getúlio Vargas, sentia que Deus a chamava para ajudar as pessoas. Como consagrada, sentiu alegria em levar a Boa Nova de Jesus e testemunhar o Amor misericordioso de Deus Uno e Trino como operária do Reino, praticando as obras de misericórdia. Trabalhou como professora de corte e costura e trabalhos manuais em diversos lugares. Reside na fraternidade Betânia, em Passo Fundo.
Irmã Geneci Ferreira: natural de Quissamã/RJ. Desde pequena estudou no Colégio das Irmãs naquela localidade. Sentia-se chamada para ser religiosa, mas sua família não a apoiava. Ao completar 18 anos, decidiu partir com as Irmãs para a casa de formação em Três Arroios/RS. Como religiosa, atuou como professora, por diversos anos e contribuiu também nos serviços administrativos e formativos da Província. Dotada de muitos dons, também o da música, serviu sempre com generosidade. Atualmente auxilia no cuidado de pessoas idosas no Residencial Santa Maria Bernarda, em Gaurama/RS.
Ir. Zelinda Onghero: nascida em Chapecó/SC, desde pequena escutava sua mãe rezar pelas vocações
e sentia o desejo de ser religiosa. Como Irmã missionária assumiu com muito vigor a tarefa educativa
em colégios, juntamente com o trabalho pastoral paroquial. Coordenou a catequese na Diocese de Erexim, por um determinado tempo. Atuou em diversas cidades de nossa região, e também em São Paulo e no Amazonas. Atualmente reside no Bairro Progresso, em Erechim, na coordenação eanimação de diversas pastorais e na produção de remédios fitoterápicos, dando vida a seu lema: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10) para que as pessoas possam ter mais vida e viver mais felizes.
 
50 anos:
Irmã Cristina Noskoski: natural de Getúlio Vargas/RS, mana de Ir. Antônia. Na família sempre se rezava pelos missionários. Ao completar 17 anos, sentia arder seu coração pela missão, chamada para a vida consagrada. Formada em Assistência Social, sempre foi apaixonada pelo Reino de Deus, entusiasmada por anunciar a Palavra em terras distantes e servir aos mais necessitados. Ao celebrar seu Jubileu de Ouro, recorda trinta e cinco anos como missionária consagrada no interior do Amazonas, levando às famílias das cidades e ribeirinhas o amor gratuito e misericordioso que Deus tem para com todos. Irmã Cristina continua missionária em Anori/AM.
Irmã Maria Tosati: natural da comunidade São Miguel, Marau/RS. Em sua profissão como religiosa enfermeira, destacou-se por suas qualidades humanas, espirituais, sociais e profissionais. Dedicou-se com total entrega, atenção, qualidade e paciência no cuidado aos doentes, em especial os pacientes oncológicos, no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo/RS, onde continua atuando, feliz e realizada nessa tão grande missão.
Irmã Maria Norma Jacoby: nasceu em Selbach/RS. Na infância, ao ler uma reportagem sobre o depoimento de uma Irmã religiosa, sentiu um forte apelo de Deus em seu coração. A partir deste dia, começou a buscar informações de como ser religiosa e ingressou na casa de formação em Três Arroios/RS. Como religiosa enfermeira não mediu esforços no atendimento aos pacientes. Trabalhou muitos anos em Paverama, no hospital, e hoje continua sua missão como enfermeira e radiologista no Hospital Santa Isabel, em Gaurama/RS.
 
25 anos:
Irmã Sirlei Pozzatti: nasceu em Caiçara/RS. Desde pequena tinha grande desejo de ajudar na comunidade. Aos 17 anos, partiu com alegria para o trabalho missionário com os indígenas no Mato Grosso. Depois de três anos, regressou à sua família, porém, sentia-se chamada a consagrar sua vida a Deus. Ingressou com as irmãs e realizou a formação para ser religiosa. Como professora e pedagoga, atuou sempre em escolas e na pastoral com os jovens, em especial a Juventude Franciscana. Foi enviada em missão em Coroico, na Bolívia, onde há dezesseis anos é diretora de um educandário e feliz missionária.
Nossa gratidão pelo testemunho de fidelidade e pela vida doada destas Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora, nestes 70, 60, 50 e 25 anos. Com alegria e esperança elas celebram o dom da vida, o dom da vocação à vida religiosa consagrada e a missão realizada na construção do Reino de Deus. Nosso agradecimento também aos amigos e familiares que caminharam junto nesses longos e generosos anos. Rezemos para que em nossas famílias surjam audaciosas missionárias, a exemplo destas Irmãs que celebram seus jubileus.
Veja as fotos