Notícias

16/12/2017 até 16/12/2017

Mergulhando na Missão - Ir. Ellen Mayra

 “Sou e devo ser Missionária” (Santa Maria Bernarda).

No dia 14 de janeiro de 2017, por graça e misericórdia de Deus, junto das irmãs e minha família, fiz a primeira profissão religiosa, e pouco tempo depois, fui surpreendida com o convite para iniciar nossa presença missionária no estado do Acre. Isso foi motivo de grande alegria, gratidão e esperança em meu caminho vocacional.
A fraternidade nascente, Clara de Assis, composta por mim e Ir. Izelba Maria Volpatto está localizada na Cidade do Povo, bairro de Rio Branco/Acre, construído com a finalidade de abrigar famílias oriundas de áreas de risco de alagações da cidade. Providencialmente, nossa chegada, no dia 13 de agosto de 2017, coincidiu com a preparação do centenário da diocese de Rio Branco, que neste ano assumiu como prioridade a visitação às famílias. 
Abraçando a visita às famílias experimentamos a beleza, a alegria e o desafio de chegar às casas, ir ao encontro, dialogar e partilhar com elas as dificuldades e esperanças que carregam. Esses encontros são fecundos e sinalizam os primeiros passos que, junto à comunidade, buscamos dar em vista de construir e fomentar boas relações, convidá-las à vida de comunidade e ser presença gratuita da misericórdia de Deus. 
Como juniorista de primeiro ano, poderia usar muitas palavras para expressar o que tem significado para mim esse pouco tempo em que já estamos aqui. Dentre elas, destaco a APRENDIZAGEM. Iniciamos nosso caminho numa estrada da qual outros já faziam caminho. E encontramos na Área Missionária Cidade do Povo, uma Igreja que se reúne nas casas, seja para Celebrações Eucarísticas, grupos de evangelização ou novenas. O valor que as pessoas dão a esses momentos me ajudam a rezar e ser irmã numa Igreja fraterna, simples e solidária. 
Assim, sinto o apelo e o convite do Senhor a escutar, a perceber os sinais do seu Reino na comunidade, a acolher a cultura local com suas riquezas e desafios na busca de discernir os meios mais eficazes de promoção de vida digna para as pessoas. Escutar as pessoas com carinho e atenção é uma grande arte.  E uma valorosa aprendizagem.
Destaco também a GRATIDÃO! A Deus, pelo dom da vocação e por sua constante presença que renova em nós o sentido da missão. À Congregação, pela confiança depositada.  Às comunidades da Cidade do Povo e a CRB local, pela calorosa acolhida que recebemos ao chegar e que perdura por meio do carinho de tantas pessoas atentas. 
Da gratidão brota a CORAGEM, que nos leva à frente com alegria para o serviço de todos, abraçando os desafios que vão surgindo à medida que vamos conhecendo e nos inserindo na realidade, na certeza que a missão pertence ao Senhor e que somos somente seus instrumentos buscando alimentar esperança e ser um pouco de sua bondosa presença no meio de todos. 
 
 
Ir. Ellen Mayra Silva Mendes
 
Veja as fotos